“SUPER HEROES AND PRINCESSES CASTLE”

1ª fase: o que vamos investigar?

“Eu sou o Batman…”/ “E eu sou o Homem-aranha”/ “Eu sou o Flash, que corre mais rápido!”/ “Também existe a Batgirl!” “E eu não quero ser heroína, quero ser a Elsa!”. Foi desta forma que as crianças começaram a falar dos super heróis, heroínas e princesas.


2ª fase: planificação e desenvolvimento do trabalho

Cada criança escolheu o que queria pesquisar e com a ajuda dos pais elaboraram o registo que depois apresentaram à turma
A mãe da Inês Vouga elaborou adereços de super heróis e heroínas, os pais do Gonçalo, do Rodrigo, do Miguel Costa e do Francisco trouxeram fatos de super heróis, máscaras e a transformação começava….super heroes dos 4A. Eram tantas as ideias que tivemos de as registar: o que sabem sobre as princesas e os heróis? O que querem fazer?
A primeira escolha em momento de assembleia de turma foi a construção de um castelo. Um castelo onde vivessem todos: heróis, heroínas e princesas. Fomos então visitar um castelo: o castelo de Guimarães. Aprendemos tantas informações, mas o que mais gostamos foi de aprender a história de D. Afonso Henriques.Todos queriam ser cavaleiros valentes. No “Carnaval do Projeto” apresentamos aos pais uma dramatização de princesas, cavaleiros, super heróis e dragões.


3ª fase: execução

Chegados à sala registamos as nossas ideias e pedimos a colaboração dos pais. Numa primeira fase, os pais efetuaram a recolha de pacotes de leite para construirmos o nosso castelo, eram as pedra. E, começamos a receber surpresas: roupas e adereços de cavaleiros e princesas. Numa segunda fase, a colaboração dos pais consistiu na construção do castelo: ameias, porta, tochas (com a colaboração do pai do Pedro), vitrais (construídos com os pais do Tiago), bandeiras (elaboradas pelos pais da Ema e do Francisco), trono (construído pelos pais do Rodrigo), jardins do castelo (pais da Catarina), carruagem (pais da Maria Sousa), cama da princesa e dossel (construída pelos pais da Mafalda) e mesa do banquete (colaboração dos pais da Inês Vouga). Visitamos ainda o Castelo de Santa Maria da Feira, onde tivemos oportunidade de ver uma masmorra. Os pais do Miguel Costa ofereceram-nos uma coleção de livros sobre os reis de Portugal…e começou a nossa aventura dos reinados portugueses.


O nosso interesse era tanto que queríamos saber quem sucedeu a Afonso Henriques e iniciamos uma grande viagem…pela história de Portugal. Reis, rainhas, peripécias, amores e a conquista de novas por terra e por mar. Realizamos uma apresentação aos pais na língua inglesa: travelling through history. Realizamos uma visita ao World of Discoveries que nos permitiu realizar aprendizagens sobre a expansão marítima.


O intercâmbio com as turmas 3B e 3ºC permitiu-nos aprender o nome dos continentes, dos oceanos, conhecer os povos e aprender algumas características de cada continente. O castelo na sala já estava construído. Faltava-nos uma caravela…e aí fomos nós pelo mundo conhecer os países/continentes conquistados pelos portugueses. À medida que íamos “viajando” íamos marcando no nosso mapa mundi as rotas dos diferentes navegadores.


A nossa viagem começou por África onde aprendemos muitas coisas ensinadas pela turma 3B; depois seguiu-se a Índia, onde os pais do Gonçalo nos ensinaram tudo sobre este país e realizamos intercâmbio com a turma 5A e, por fim o Brasil.


Descobrimos a alimentação, hábitos e costumes dos povos; em cada continente visitado fazíamos uma festa alusiva.
Para comemorar o final do projeto realizamos:
– o banquete medieval, com roupas alusivas à época e alimentação medieval;


– a visita à feira medieval de Barcelos.


Observando a teia do nosso projeto é possível verificar um trabalho articulado, no qual os pais tiveram uma participação muito ativa.


4ª fase: divulgação

A divulgação final do projeto ocorreu no Openday com a apresentação na língua inglesa: “Our World: kings and explorers” que nos permitiu também obter a medalha do projeto “Trinity Stars”.