No passado dia 15 de junho o Artista Residente (AR), André Silva, deu seguimento à sua proposta do Plano Cultural de Escola (PCE), inserido no Projeto Artístico CNM, realizando o último workshop do ano letivo, intitulado “O Desenho Expandido”.

Este workshop desenvolveu-se em dois momentos: no primeiro, o Artista Residente (AR) fez uma apresentação de vários exemplos de trabalhos de artistas que exploram o desenho enquanto linguagem num campo expandido, explicando as metodologias e histórias por trás da conceção e do resultado de cada obra; no segundo momento, o workshop desenvolveu-se com a realização de dois exercícios: no primeiro, os participantes ataram um lápis com fita cola de papel à palma da mão e, numa folha, tentaram desenhar um quadrado; no segundo, a partir de uma desenho de Ellsworth Kelly, intitulada “Seine”, os participantes usaram uma tabela e, recorrendo ao acaso, retiraram dum cesto um papel com um número, fazendo corresponder um retângulo de cartolina preta à respetiva coluna, e, deste modo, explorando a técnica desenvolvida por Kelly − o artista incorporou o acaso ao processo, retirando números de uma caixa e escurecendo os blocos correspondentes de uma grade modular.

Deste modo, os participantes aprenderam que o desenho pode ser entendido como uma disciplina que abrange uma variedade de práticas interativas e multidisciplinares. Este momento permitiu uma reflexão sobre a forma como algumas estratégias artísticas, assentes nos conceitos de “campo expandido” e “desmaterialização do objeto artístico”, podem contribuir para enriquecer os conteúdos da prática do desenho.

O resultado dos trabalhos são os que podemos observar nas fotos.