Um grupo de 22 alunos do ensino secundário e 3 professores do Colégio Novo da Maia realizaram, entre os passados dias 22 a 25 de março, uma viagem de estudo a Berlim, no âmbito das disciplinas de História, Geografia e Economia.

O grupo iniciou a visitas pelo East Side Gallery e o Muro de Berlim, passando pela sede da Energia de Berlim e das sedes das multinacionais Deutsche Bank e Mercedes-Benz. Viajou de metro até ao Gendarmenmarkt onde se destaca a emblemática Konzerthaus (Casa de Concertos), Französischer Dom (Catedral Francesa) e a Deutscher Dom (Catedral Alemã). De seguida paramos na Catedral de St. Hedwigs, na emblemática Bebelplatz (praça dos livros decadentes). Antes de passear pela Avenida Unter den Linden em direção à Porta de Brandenburgo visitou-se a Universidade de Humboldt. Após almoço e ao longo do quarteirão de Tiergarten houve tempo para uma visita ao Memorial do Holocausto seguindo pela zona das embaixadas em direção ao bunker de Hitler para uma paragem no Mall de Berlim. Em direção ao Check Point Charlie ainda houve tempo para deslumbrar-nos com o cenário da Praça Sony e Potsdamer Platz. Acabou-se o dia com uma visita ao Parlamento Alemão – Edifício do Reichstag após regresso à base pelas portas de Bradenburgo via u-Bahn e s-Bahn. Foi um dia longo, cansativo, mas inesquecível, por toda a aprendizagem e pela monumentalidade e história dos espaços que visitamos.

Após um dia exaustivo de visitas, o terceiro dia foi dedicado à II Guerra Mundial, passando pelo Campo de Concentração de Sachsenhausen – não há palavras para descrever tamanha solidão e frieza do local. Após o almoço voltamos em direção à Berlim para uma visita ao Museu da História Alemã e a passagem pela Catedral de Berlim e a Câmara Municipal de Berlim, acabando o dia no mítico, Bairro de S. Nicolau, o mais antigo da cidade.

No último dia, tivemos tempo para percorrer outros locais da cidade, com características mais comerciais e antes da nossa partida ainda houve tempo para a visita a Alexanderplatz e a sua feira local, bem como as Galerias Kaufhof. À tarde, passamos pela Berliner Fernsehturm (torre de TV de Berlim) e pelas lojas de rua tradicionais para uma compras locais e preparar o regresso a casa.

Uma viagem inesquecível que demonstra que Berlim é sem dúvida uma das maiores extravagâncias culturais que se poderia imaginar.

Galeria de Fotos